Ser Vegan

O veganismo pode ser visto como um estilo de vida, quem o pratica exclui todos os de origem animal, e tudo o que tenha sido testado em animais ou contribua para a exploração animal. Relativamente à alimentação no veganismo são excluídos alimentos como a carne, peixe, ovos, mel, leite e derivados. Mas o conceito estende-se a outras vertentes, o vestuário e o calçado com pele de animais são banidos, os cosméticos ou produtos provenientes ou testados em animais também são excluídos. O conceito de veganismo também não apoia qualquer tipo de actividade que explore a vida animal, tais como circos, touradas ou zoológicos.

 

A alimentação vegan dá prioridade a fontes vegetais ricas em nutrientes, estudos indicam que contém bastantes vantagens para a saúde. É uma alimentação rica em proteínas, aminoácidos essenciais, cálcio e ferro, ómega 3 e ómega 6, Zinco e Vitaminas B12. Pode verificar mais detalhadamente na tabela seguinte:

Proteínas

Quinoa, leguminosas (feijão, lentilhas, ervilhas, grão de bico), oleaginosas (sementes, castanhas, amêndoas, nozes, tahin), cereais integrais e derivados (arroz, trigo, centeio, cevada), frutas (abacate, coco), legumes (beterraba, brócolos), algas, cogumelos.
Aminoácidos Essenciais

A quinoa possui todos os aminoácidos essenciais. 

As proteínas são formadas por aminoácidos e todos os aminoácidos essenciais à nutrição humana podem ser encontrados nos alimentos de origem vegetal. A chave para conseguir todos os aminoácidos essenciais é variar ao máximo a alimentação, optando a cada dia por duas ou mais fontes e alternando-as.

Cálcio e Ferro Quinoa, leguminosas, oleaginosas, vegetais verde-escuros (brócolos, quiabo, agrião, couves), fruta fresca, fruta seca (uva passa, figo, damasco), cogumelos.
Ómega 3 e 6 Quinoa, oleaginosas (sementes de chia, sementes de linhaça, óleo de linhaça prensado a frio).
Zinco Leguminosas, oleaginosas, vegetais, frutas, cogumelos.
 Vitamina B12 Este é o único nutriente que não se consegue retirar dos alimentos vegetais. No entanto, basta consumir alimentos enriquecidos (leite vegetal suplementado, levedura de cerveja) ou suplementos vitamínicos para suprir as necessidades do nosso corpo.


São inúmeras as vantagens para a saúde ao adotar uma alimentação vegan. Os benefícios resultam essencialmente da ingestão inferior/nula de gordura saturada, colesterol e proteína animal, bem como da ingestão superior de hidratos de carbono complexos, fibra alimentar, magnésio, ácido fólico, vitamina C e E, carotenóides e outros fitoquímicos. Claro que é necessário ter em conta as limitações a nível clínico de cada um, o ideal é ter um acompanhamento médico ou nutricional se decidir adotar este tipo de alimentação.

Muitos estudos relacionam a adoção de um regime vegan com a redução de colesterol, baixo risco de desenvolver doenças cardiovasculares, diabetes, hipertensão, obesidade, patologias renais e depressão.

Para além de todos os benefícios para obter uma maior qualidade de vida a alimentação vegan vai muito além disso, a preocupação com os animais e o meio ambiente faz deste tipo de estilo de vida atrair cada vez mais pessoas com o objectivo de um planeta melhor.

Ingredients for the healthy foods selection. Premium Photo

Leave a comment

Please note, comments must be approved before they are published